Rádio JOVEM PAN

103.5. Jovem Pan Ponta Grossa

Ouvir

Sertanejo sofre com onda de “mais do mesmo”, dizem Fernando e Sorocaba

por Jovem Pan, . - Atualizado em

Fernando e Sorocaba participam do Pânico; veja fotos

Para Fernando e Sorocaba, está na hora do sertanejo se

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Para Fernando e Sorocaba, está na hora do sertanejo se "reinventar"

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fernando e Sorocaba no Pânico

Fonte: Johnny Drum/ Jovem Pan

Fernando e Sorocaba no Pânico

Para Fernando e Sorocaba, está na hora do sertanejo se "reinventar"
Fernando e Sorocaba no Pânico
Fernando e Sorocaba no Pânico
Fernando e Sorocaba no Pânico
Fernando e Sorocaba no Pânico
Fernando e Sorocaba no Pânico
Fernando e Sorocaba no Pânico
Fernando e Sorocaba no Pânico

Completando 10 anos de carreira em 2017, Fernando e Sorocaba viram muitas mudanças acontecer no sertanejo nos últimos anos - desde a explosão das duplas universitárias, ao feminejo, por exemplo. No Pânico na Rádio desta quarta-feira (22), os dois comemoraram a expansão do ritmo e o crescimento do número de fãs, mas foram sinceros em admitir que hoje, o sertanejo sofre com “mais do mesmo”.

“Coisas parecidas [que dão certo] estimulam as pessoas a fazerem mais coisas parecidas e a gente entrou nessa vibe de que mais do mesmo dá certo. E deu certo, mas hoje o sertanejo sente um pouco disso”, avaliou Sorocaba.

Para a dupla, mais do que nunca, os artistas sertanejos precisam se reinventar e encontrar maneiras de fazer o gênero sair dessa onda de mesmice e de “mistura” com outros gêneros musicais como uma falsa ideia de novidade.

“O sertanejo está carente de novos artistas quer queiram fazer diferente e compor diferente. Hoje os artistas estão surfando na onda do vizinho. É válido, mas precisamos criar uma nova onda”, continuaram.

Fernando e Sorocaba decidiram dar um passo nesse sentido e resgataram uma parte do sertanejo que estava esquecida no novo DVD, “Sou do Interior”, que foi gravado sem painéis de LED e em uma roça de milho.

“Sentimos que o sertanejo precisava de uma conexão de novo com o interior e suas origens, mas não voltamos com a cara melancólica, voltamos com uma cara moderna”, definiram.

Como não poderia deixar de ser, a dupla expôs sua visão sobre o fenômeno do sertanejo no momento, o “feminejo”. Para eles, as cantoras estão “cantando o que tem que ser dito”.

“Até então, as mulheres cantavam como se fossem homens [nas letras]. Agora elas estão falando coisas femininas de verdade”, avaliaram. “Tem que ter sertanejo para todo gosto”, declararam.


Tags da Pan

Comentários